Seguidores

25 de jun de 2008

Bernie Ecclestone diz não estar por trás do escândalo sexual


O dirigente da Fórmula 1 Bernie Ecclestone rebateu, em entrevista ao jornal inglês The Times, a acusação de que está por trás do escândalo sexual que envolve o presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Max Mosley.
"Não tenho nada a ver com isto, de nenhuma maneira. Além disso, este tipo de coisa não é meu estilo, não agiria assim. De modo algum queria destruir Max", explicou chefão da Fórmula 1.
"Sugerir que... não é verdade", insistiu. Mosley foi confirmado no cargo pelas instâncias dirigentes da FIA, mas tem sido muito criticado desde que um tablóide britânico divulgou um vídeo no qual aparece em uma sessão sadomasoquista com prostitutas fantasiadas.
O tipo de traje e o contexto das imagens fizeram com que a imprensa inglesa mencionasse conotações nazistas, o que Mosley negou.
Ecclestone citou recentemente a possibilidade de criar um campeonato independente da FIA e defendeu a saída de Mosley. Os dois se enfrentam atualmente pela renegociação dos acordos sobre os direitos da Fórmula 1.

Nenhum comentário:

o que você procura

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin

Postagens populares

Arquivo do blog